"> ÁGUA DOCE-MA: Através de Parceria produtores locais vendem mandioca para AMBEV - Blog Neto Pimentel

segunda-feira, 25 de março de 2019

ÁGUA DOCE-MA: Através de Parceria produtores locais vendem mandioca para AMBEV


A Prefeitura de Água Doce, através da Secretaria Municipal de Agricultura, em parceria com a equipe do mais IDH no município, firmou uma parceria com a AMBEV, fabricante da cerveja Magnífica. Agricultores do município estão fornecendo a matéria-prima para a produção da bebida. 

Na manha da última sexta-feira (22/03) a equipe do Mais IDH com suporte da prefeitura de Água Doce esteve no povoado Rancho de Folha, acompanhando produtores do município que venderam na primeira etapa mais de 30 toneladas de mandioca para AMBEV. 

A AMBEV está buscando mandioca de qualidade proveniente da agricultura familiar, apostando no micro empreendedor. O produto agrícola deve ser legitimamente maranhense e a ideia é que essa produção gere emprego e renda no município e no estado.

Cada tonelada de mandioca é adquirida por R$ 500,00, de acordo com o preço da farinha no mercado, ou seja, se a farinha aumentar o preço, o kg da matéria prima também aumenta. O valor do produto é repassado integralmente aos produtores.

O agricultor interessado em vender a matéria prima da mandioca, deve procurar a Secretaria Municipal de Agricultura ou a Equipe do Mais IDH no município.



Segundo o Secretário de Agricultura do Município, Thiago Aragão, parcerias como essas só são possíveis, quando se tem interesse por parte da administração municipal e que, dentro de suas limitações não mede esforços quando o assunto é investir no micro e pequeno empreendedor, e isso com certeza irá ajudar os agricultores economicamente. Destacou Thiago.

Com essa parceria firmada, Água Doce agora esta fornecendo Mandioca de qualidade, para fabricação de uma bebida que tenho ganhado mercado e espalhando por todo o Brasil um pouco do gostinho aguadocense e maranhense. O empenho da Equipe do Mais IDH em parceria com a prefeitura fortalece cada vez mais agricultura familiar no município.


   

Ascom


Nenhum comentário:

Postar um comentário