"> ESF Comum realiza caminhada de conscientização sobre o combate ao Aedes Aegypti - Blog Neto Pimentel

segunda-feira, 5 de março de 2018

ESF Comum realiza caminhada de conscientização sobre o combate ao Aedes Aegypti


Na última semana, Enfermeiro, técnica de enfermagem e Agentes de Saúde da Estratégia Saúde da Família do bairro Comum, realizaram uma caminhada na comunidade com o objetivo de conscientizar os moradores para o combate ao Aedes Aegypti, mosquito transmissor da dengue. Foram distribuídos panfletos informativos e reforçado as orientações sobre a importância de evitar locais com acúmulo de água, que podem servir de criadouro, proliferando o mosquito.

A dengue é uma doença febril aguda causada por um vírus, sendo um dos principais problemas de saúde pública no mundo. A dengue não é transmitida de pessoa para pessoa. A transmissão se dá pelo mosquito que, após um período de 10 a 14 dias contados depois de picar alguém contaminado, pode transportar o vírus da dengue durante toda a sua vida.

O ciclo de transmissão ocorre do seguinte modo: a fêmea do mosquito deposita seus ovos em recipientes com água. Ao saírem dos ovos, as larvas vivem na água por cerca de uma semana. Após este período, transformam-se em mosquitos adultos, prontos para picar as pessoas. O Aedes aegypti procria em velocidade prodigiosa e o mosquito da dengue adulto vive em média 45 dias. Uma vez que o indivíduo é picado, demora no geral de três a 15 dias para a doença se manifestar, sendo mais comum cinco a seis dias.

Os sintomas de dengue iniciam de uma hora para outra e duram entre cinco a sete dias. Normalmente eles surgem entre três a 15 dias após a picada pelo mosquito infectado. Os principais sinais são: 

- Febre alta com início súbito (entre 39º a 40º C)
- Forte dor de cabeça
- Dor atrás dos olhos, que piora com o movimento dos mesmos
- Manchas e erupções na pele, pelo corpo todo, normalmente com coceiras
- Extremo cansaço
- Moleza e dor no corpo
- Muitas dores nos ossos e articulações
- Náuseas e vômitos
- Tontura
- Perda de apetite e paladar.




Nenhum comentário:

Postar um comentário